TV CONSUMIDOR TVU ONLINE FEDC - RS NOTÍCIAS RECOMENDAMOS QUEM SOMOS CONTATO  
Legislação que possibilita preços diferenciados nas vendas trará benefícios para o varejo
   
     
 


19/06/2017

Legislação que possibilita preços diferenciados nas vendas trará benefícios para o varejo
Medida Provisória 764/2016 já foi aprovada pelo Senado e aguarda sanção presidencial para permitir que o comércio oferte descontos maiores ao consumidor

A aprovação pelo Senado da Medida Provisória 764/2016, que estabelece a possibilidade de cobrança diferenciada de acordo com a forma de pagamento, foi bem recebida pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul - FCDL-RS. A entidade representativa do varejo gaúcho espera que o presidente da República, Michel Temer, sancione a legislação com maior brevidade.

O presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch, ressalta que a medida possibilitará que os lojistas deixem de equiparar os preços das vendas à vista aos das vendas a prazo, que, naturalmente, incluem custos maiores, pagos aos agentes financeiros por seus serviços de intermediação.

- A sanção presidencial vai corrigir uma distorção antiga, permitindo que o comércio oferte descontos maiores aos consumidores que comprarem à vista e por modalidades de pagamento que evitem custos de intermediação financeira. Em cada operação paga com cartão de crédito ou débito, o comerciante é obrigado a pagar um percentual da venda - afirma.

Os lojistas deverão informar, em local visível ao consumidor, o valor da mercadoria em cada modalidade de venda que praticar, ou seja, em dinheiro, cartão de débito, cheque e crédito parcelado. A expectativa, partir do momento que a legislação vigorar, é fortalecer outros formatos de crédito que estavam sendo abandonados gradativamente, como o cheque pré-datado e o crediário próprio da loja.

- Isto deverá gerar um efeito interessante de redução dos juros ao consumidor nas vendas a prazo, que, hoje, são exageradamente elevados, uma vez que estão restritos aos grandes agentes financeiros. Não é a toa que a inadimplência dos brasileiros atingiu patamares recordes em 2016 e no início deste ano - salienta Koch.

O objetivo da MP aprovada no Senado é estimular a concorrência entre as administradoras de cartões, forçando a redução das taxas de administração. Além disso, pretende evitar que o consumidor seja obrigado a pagar por uma taxa de serviço que não está utilizando, uma vez que o preço único já inclui a parte dos cartões.

Fonte: Imprensa FCDL/RS
Autor: César Moraes. Coordenação: Marcelo Matusiak
Revisão e edição: de responsabilidade da fonte
Autor da foto: João Alves


Imprimir Enviar link

   
 
   
 
Comentários
 0 comentários


   
       
     



     
   
     
   
     
 







































 
     
   
     
 
 
 
     
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
 
 
       
Rua Dr. Flores n. 263, conjunto 1101
CEP: 90020-122 - Porto Alegre/RS
+55 (51) 3321.3535 / 9997.3535
appel@consumidorrs.com.br