TV CONSUMIDOR Bah! TV ONLINE TOP Consumidor NOTÍCIAS RECOMENDAMOS QUEM SOMOS CONTATO  
   
     
 


13/10/2020

Hospitais PROADI-SUS promovem debate sobre a importância da filantropia para a saúde brasileira
O evento online contará com a participação dos representantes dos cinco hospitais integrantes do PROADI-SUS e do FONIF

No dia 13 de outubro, às 19 horas, os hospitais participantes do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde - PROADI-SUS, realizarão um evento online para debater o papel da filantropia no desenvolvimento e fortalecimento da saúde brasileira. A Live poderá ser acompanhada no Youtube dos Hospitais PROADI-SUS , de forma gratuita.

Participarão do debate, os CEOs dos cinco hospitais integrantes do PROADI-SUS: Paulo Bastian, diretor-presidente do Hospital Alemão Oswaldo Cruz; Fernando Torelly, CEO do HCor; Dr. Guilherme Schettino, diretor de responsabilidade social do Hospital Israelita Albert Einstein; Mohamed Parrini, CEO do Hospital Moinhos de Vento; Dr. Paulo Chapchap, diretor-geral do Hospital Sírio-Libanês e Custódio Pereira, presidente do Fórum Nacional das Entidades Filantrópicas - FONIF.

"A filantropia e as parcerias público-privadas são de grande relevância para a sociedade. Por meio do PROADI-SUS, além de prestarmos assistência a pacientes, contribuímos com novos métodos, ferramentas e tecnologias, levando expertise de cinco importantes hospitais brasileiros ao Sistema Único de Saúde" explica Fernando Torelly, CEO do HCor, uma das lideranças dos Hospitais PROADI-SUS.

"Falar de filantropia aqui no Brasil ainda é muito desafiador, por isso precisamos mostrar sua relevância para a nossa sociedade e contribuir para o fortalecimento do setor. Uma recente pesquisa desenvolvida pelo FONIF mostrou que, na área da Saúde, por exemplo, suas atividades correspondem a 59% de todas as internações de alta complexidade do Sistema Único de Saúde (SUS) e somam 260 milhões de procedimentos ambulatoriais e hospitalares por ano. Ou seja, os números por si só já demonstram a nossa importância e população precisa ter dimensão desse trabalho e valorizá-lo", esclarece Custódio Pereira, presidente do FONIF.

Sobre o PROADI-SUS

O PROADI-SUS (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde) foi criado em 2009 com o propósito de apoiar e aprimorar o SUS (Sistema Único de Saúde) por meio de projetos de capacitação de recursos humanos, pesquisa, avaliação e incorporação de tecnologias, gestão e assistência especializada demandados pelo Ministério da Saúde. Hoje, o programa reúne cinco hospitais sem fins lucrativos que são referência em qualidade médico-assistencial e gestão: Hospital Alemão Oswaldo Cruz, HCor, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Moinhos de Vento e Hospital Sírio-Libanês. O PROADI-SUS é mantido com recursos dos hospitais participantes como contrapartida da imunidade fiscal. Os projetos levam à população a expertise dos hospitais em iniciativas que atendem necessidades do SUS. Entre os principais benefícios do PROADI-SUS, destacam-se: redução de filas de espera; qualificação de profissionais; pesquisas de interesse da saúde pública e das necessidades atuais da população brasileira; telemedicina; gestão do cuidado apoiada por inteligência artificial e melhoria da gestão de hospitais públicos e filantrópicos em todo o Brasil. Para mais informações sobre o Programa e projetos vigentes no atual triênio, acesse: http://hospitais.proadi-sus.org.br

Sobre o FONIF

O FONIF - Fórum Nacional das Instituições Filantrópicas tem como objetivo institucional o fortalecimento e a defesa de interesses das entidades filantrópicas que atuam no Brasil nas áreas de saúde, educação e assistência social. Constituído legalmente em 2015, o FONIF foi fundado a partir da reunião de 40 mantenedoras das mais importantes e reconhecidas instituições do país, que se uniram para debater os rumos do setor e as alternativas para garantir os direitos e o pleno funcionamento dessas entidades. Uma das principais ações empreendidas pelo FONIF foi a realização da pesquisa "A contrapartida do setor filantrópico para o Brasil", desenvolvida em parceria com a DOM Strategy Partners entre 2015 e 2016 e auditada pela Audisa, com uma nova versão lançada em 2019. O estudo aponta que, para cada R﹩1,00 oferecido pelo Estado como imunidade fiscal às filantrópicas, há um retorno de R﹩7,39 em benefícios entregues à sociedade. Dados mostram ainda, que o setor já realizou mais de 260 milhões de procedimentos ambulatoriais e hospitalares, possui mais de 2,4 milhões de alunos matriculados e 725 mil bolsas de estudo no Ensino Superior e Básico e são mais de 3,6 milhões de vagas de serviços essenciais de proteção social. Além disso, o setor emprega cerca de 2,3 milhões de pessoas. Outra conquista do FONIF, foi a instituição no calendário nacional do Dia Nacional da Filantropia, comemorada em 20 de outubro. Mais informações sobre o FONIF e a pesquisa podem ser obtidas no site da entidade: http:// www.fonif.org.br.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Autor: Juliana Paranaiba
Revisão e edição: de responsabilidade da fonte

Imprimir Enviar link

   
     
  ?>
Comentários
 1 comentários


   
       
     
 
       

R. Dr. Flores, 263 - cj 1101
Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
+55 (51) 2160-6581 e 99997-3535
appel@consumidorrs.com.br