TV CONSUMIDOR Masper TV ONLINE TOP Consumidor NOTÍCIAS RECOMENDAMOS QUEM SOMOS CONTATO  
Procter & Gamble apoia a transição global do código de barras 2D
   
     
 


20/02/2024

Procter & Gamble apoia a transição global do código de barras 2D
Novo padrão garante mais informações e rastreabilidade ao consumidor e à toda cadeia de abastecimento

A Procter & Gamble, uma das maiores indústrias de bens de consumo do mundo, se mostrou amplamente favorável ao processo de transição global do código de barras tradicional que identifica produtos para o Código2D, com o objetivo de aprimorar ainda mais a experiência do consumidor e a eficiência em toda a cadeia de abastecimento. Prova disso é que a empresa já começou a adotar o padrão GS1 Digital Link de código bidimensional nas embalagens de toda sua linha de produtos.
 

Código 2 D GS1 Digital Link é um padrão global que beneficia a todos

Para reforçar o compromisso da P&G com essa inovação, presidente e CEO da empresa, Jon Moeller, enviou ao Conselho de Administração do Fórum de Bens de Consumo (CGF) – organização que reúne varejistas e fabricantes de todo o mundo – uma carta em que endossa a transição global em todas as embalagens de produtos para o código de barras 2D. Moeller também é presidente do Conselho da CGF e promove a tecnologia e os benefícios que leva ao público consumidor. Segundo o executivo, os consumidores buscam mais informações sobre os produtos, além de os reguladores exigirem a divulgação de mais informações. 

Além desses fatores, há uma necessidade contínua de rastrear produtos de forma mais eficaz por meio da cadeia de suprimentos. "Podemos resolver isso com o código de barras 2D com padrões GS1 – um único código de barras que tem o poder de fornecer todas as informações que os consumidores precisam e desejam e digitalizar no checkout", finaliza Moeller. 

A substituição do código de barras tradicional – atualmente presente em 1 bilhão de produtos – pela versão 2D, que possui a capacidade de armazenar muito mais informações, deve ser um "foco principal" para as indústrias, de acordo com Moeller. O código de barras GS1 linear como conhecemos hoje completou 50 anos em 2023. 

João Carlos de Oliveira, presidente da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil

Comportamento – Os consumidores estão muito mais exigentes em relação às informações de produtos e também aquelas relacionadas à sustentabilidade como, por exemplo, reciclagem e orientações gerais sobre como usar melhor os produtos. A transição dos códigos de barras tradicionais para os códigos bidimensionais proporciona inúmeros benefícios ao permitir o acesso a informações detalhadas de produto como dados nutricionais, lote, data de validade, instruções de uso e reciclagem, rastreabilidade ao longo da cadeia, ações promocionais e muito mais. 

Para João Carlos de Oliveira, presidente da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, "todas as empresas de bens de consumo e serviços devem estar muito atentas à transição para a nova geração de códigos de barras, pois favorecer a cadeia de suprimentos com mais agilidade, eficiência, economia e rastreabilidade". "Além disso, dados mais precisos disponibilizados na cadeia de suprimentos nos dão a possibilidade de decisões mais inteligentes e eficientes." 

Esse movimento é global e teve início no fim de 2020, quando a GS1 iniciou o processo de transição dos códigos de barras tradicionais para o bidimensional, num trabalho conjunto com os principais players do setor de varejo. São mais de 20 países envolvidos no trabalho de projetos-piloto, incluindo China, EUA, Austrália e Brasil.

Sobre a Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil

A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil é uma organização multissetorial sem fins lucrativos que representa nacionalmente a GS1 Global. A entidade conta com cerca de 58 mil associados que representam 36% do PIB nacional e 12% dos empregos formais. Em todo o mundo, a GS1 é responsável pelo padrão global de identificação de produtos e serviços (Código de Barras e EPC/RFID) e comunicação (EDI e GDSN) na cadeia de suprimentos. Além de estabelecer padrões de identificação de produtos e comunicação, a associação oferece serviços e soluções para as áreas de varejo, saúde, transporte e logística. Mais informações aqui.

 

Fonte: DFreire Comunicação e Negócios
Autor: Redação
Revisão e edição: de responsabilidade da fonte
Autor da foto: Divulgação


Imprimir Enviar link

   
     
 
Comentários
 0 comentários


   
       
     


     
   
     
   
     
 


























 
     
   
     
 
 
 
     
 
 
     
     
 
 
       

+55 (51) 2160-6581 e 99997-3535
appel@consumidorrs.com.br