TV CONSUMIDOR Bah! TV ONLINE TOP Consumidor NOTÍCIAS RECOMENDAMOS QUEM SOMOS CONTATO  
Lula, a Vestal do Prostíbulo da Lavagem de Dinheiro
   
     
 


09/02/2019

Lula, a Vestal do Prostíbulo da Lavagem de Dinheiro
Artigo de Bady Curi Neto, advogado fundador do Escritório Bady Curi Advocacia Empresarial, ex-juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) e professor universitário

O ex-presidente Lula foi condenado, em primeira instancia, em um processo criminal a quase treze anos de prisão, no caso conhecido como o sítio de Atibaia.

Esta é a segunda condenação do meliante. Lula se encontra recolhido na carceragem da Policia Federal de Curitiba, pela condenação no processo do Triplex do Guarujá. Neste processo, fora condenado a pouco mais de 09 anos em primeiro grau, sendo sua pena majorada, a unanimidade, em grau Recursal, pelo Tribunal Regional Federal da 4º Região, para pouco mais de 12 anos prisão.

Além destes processos, o ex-presidente responde há tantos outros, todos por envolvimento de desvios de dinheiro, corrupção, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha.

Se confirmado a segunda condenação pelo TRF da 4 região, e o Supremo Tribunal Federal mantiver o posicionamento da possibilidade do cumprimento da pena após o julgamento da segunda instancia, Lula terá sobre seus ombros uma condenação de quase 26 anos de prisão. Vale dizer, que a progressão de regime somente poderá ocorrer após cumprido 1/6 da somatória das penas, ou seja, Lula terá que cumprir aproximadamente 4 anos encarcerado. Isto se não tiver nenhuma outra condenação.

O PT está em pavorosa vendo seu expoente maior afastado da vida política, condenado e preso, deixando seus asseclas acéfalos.

Gleisi Hoffman, chama a julgadora de “Juíza de plantão deixado lá por Sergio Moro” e diz que a condenação “foi o serviço sujo do Sr. Sergio Moro, junto com sua equipe em Curitiba, tirar Lula do caminho para que a extrema direita pudesse chegar”.

O Deputado Pimenta diz que “o TRF 4 condena Lula no caso do triplex, sem provas, e cria uma jurisprudência que a Juíza passa a utilizar e que o TRF já condenou uma vez sem prova e como o TRF 4 já condenou eu posso condenar também.”

Lindbergh Farias, em sua rede social, “pessoal a gente tem denunciado que o Brasil não se encontra em uma situação de liberdade democrática. Nos temos um poder judiciário extremamente partidarizado, que decidiu entrar na luta política de um lado. A prisão do Lula mostra tudo, foi preso sem crime, sem provas”.

As provas processuais são fartas, neste mesmo processo foram condenados Marcelo e Emilio Odebrecht, Leo Pinheiro, Bunlai, Roberto Teixeira, entre outros.

O ataque à Juíza, por Gleisi Hoffmam, ao dizer que fora deixada por Moro só demonstra a fraqueza dos argumentos da Petista. A Juíza sentenciante, Gabriela Hardt, era a substituta da 13 vara federal de Curitiba, e até TRF indicasse outro titular, a mesma, por questões regimentais, era a competente para conduzir e julgar os processos daquela vara Federal.

Os demais voltam a mesma ladainha, que a Justiça está partidarizada, que não há provas, que Lula é inocente, que é um preso Político, etc, etc...

Não é crível que uma sentença que condenou 11 pessoas, o fez só para perseguir Lula.

 A operação Lava Jato e seus desdobramentos já condenaram mais de 115 pessoas, membros do Partido dos Trabalhadores, empresários, políticos, vários deles com estreita ligação ao ex-presidente.

Acreditar na inocência de Lula é crer em uma Vestal criada no meio de um prostíbulo de corrupção, lavagem de dinheiro e outros tipos penais. 

Fonte: Bady Curi Neto
Autor: O autor
Revisão e edição: de responsabilidade da fonte
Autor da foto: Divulgação


Imprimir Enviar link

   
     
 
Comentários
 0 comentários


   
       
     



     
   
     
   
     
 



































 
     
   
     
 
 
 
     
 
 
     
     
 
 
       
Rua Dr. Flores n. 263, conjunto 1101
CEP: 90020-122 - Porto Alegre/RS
+55 (51) 3321.3535 / 9997.3535
appel@consumidorrs.com.br